Páginas

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Uma carta.


  Oi, como você esta? Não sei o por que resolvi te escrever essa carta, talves pelo fato que não aguenta ficar me torturando sem conta isso para nenhuma pessoa, mas se eu tiver de conta, eu quero que a primeira pessoa a saber, seja você. Vou entender se não quiser me olhar nos olhos, mas isso faz parte.
  No começo você vai estranhar, mas eu sei que não sou a primeira, muito menos a ultima a te dizer isso.
  Por mais que eu tente te esquecer, eu te amo cada dia mais e mais. Mesmo sabendo suas verdadeiras intenções, mesmo sabendo que você não mudou, mesmo sabendo que sua vida é o oposto da minha.
  Eu estou te amando, mesmo sabendo que para você não passo de uma, você para mim marcou e continua marcando minha vida.
 Mas é isso ai, eu só quero fazer esse post para agradecer por ter me ensinado o que é a vida de verdade, o que é a vida enquanto ainda acreditava no "felizes para sempre". Se você não sabe que todas aquelas lembranças ainda não foram esquecidas.
  Faz um favor ? Para de brincar com meus sentimentos?


Com amor, sua eterna apaixonada.